Dr_edited.jpg

Jorge Trindade

Procurador de Justiça, inativo. Professor, Advogado e Psicólogo. 

Parecerista em temas de Psicologia Forense de alta complexidade

Pontifícia Universidade Catolica do Rio Grande do Sul, Universidade do Vale dos Sinos

Discurso de posse do

Acadêmico Jorge Trindade

21/o9/2016

Discurso de recepção pelo

Acadêmico Carlos Nejar

Curriculo

Graduações: 

Ciências Jurídicas e Sociais (PUCRS, 1975)

Psicologia (UNISINOS, 1987)

 

Pós-doutoramento:

Psicologia Forense e do Testemunho. Universidade Fernando Pessoa (Porto, Portugal), 2012.

 

Doutoramentos:

Doutor em Ciências Sociais. Universidade de Lisboa (Lisboa, Portugal), 2012.

Doutor em Psicologia Clínica e Saúde Mental, título revalidado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), 1998.

 

Livre-docência (Concurso de Provas e Títulos):

Livre-docente em Psicologia Jurídica pela Universidade Luterana do Brasil (ULBRA), 2000.

 

Mestrado:

Mestrado em Psicologia/Trabalho Social e Desenvolvimento Comunitário. Universidad de Extremadura (Espanha), título reconhecido pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), 1996.

 

Especialista:

Psicologia Clínica pelo Conselho Federal de Psicologia.

Psicologia Jurídica pelo Conselho Federal de Psicologia.

Psicoterapia pela Sociedade Portuguesa de Psicologia Clínica (SPPC, Lisboa)

 

Docência Superior:

Professor Assistente: Disciplina de Filosofia do Direito na Universidade de Caxias do Sul (UCS), 1978 a 1979).

Professor Adjunto: Disciplina de Introdução ao Direito e de Filosofia do Direito da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), 1979 a 1993.

Professor Assistente: Disciplina de Filosofia do Direito na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1998 a 2000.

Professor Fundador da Escola Superior do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul, desde 1983.

Professor do Curso de Especialização em Direito da Criança e do Adolescente. Fundação do Ministério Público/RS, desde 2000.

Professor e Coordenador do Curso de Especialização em Psicologia Forense do IMED, de 2013 a 2010.

Professor da Faculdade de Direito no IBGEN/RS, de 2011 a 2017.

Professor-Doutor da Faculdade de Direito Monteiro Lobato: Disciplina de Psicologia Jurídica, desde 2019.

Professor na Escola da Magistratura do Trabalho (FEMARGS), desde 2000.

Professor Titular na Universidade Luterana do Brasil, de 1989 a 2019.

 

Premiações:

Prêmio Henrique Bertaso. Concedido pela Câmara Estadual do Livro – Feira do Livro (1994).

Medalha Iuris Sapitentia. Escola Superior do Ministério Público/RS (2004).

 

Estágio Pós-Universitário.

Instituto Interuniversitário Andaluz de Criminologia. Universidade de Sevilha. (Espanha), 1993.

 

Academia Brasileira de Filosofia:

Membro Titular da Academia Brasileira de Filosofia, ocupando a cadeira nº 10, atualmente em desempenho das funções de Diretoria na condição de Chanceler. Casa Histórica do Mal. Osório: Rua Riachuelo, 303. Rio de Janeiro (RJ).

 

Professor Honoris Causa

Título concedido pela Faculdade de Direito e Ciências Sociais do Leste de Minas, nos termos do Art. 109, Inciso I, do Regimento Interno, aprovado através da Portaria Nº 798/2006, Ministério da Educação (MEC/SESu).

 

Associações e Entidades de Classe:

Vice-Presidente da Comissão Especial dos Direitos da Criança e do Adolescente da Ordem dos Advogados do Brasil/RS.

Vice-Presidente da Asociación Latinoamericana de Magistrados,Operadores y Funcionarios de la Niñez, Adolescencia y Familia (de 2010 a 2018).

Membro da Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Psicologia da Justiça (SPPPJ).

Membro do Comitê Científico da Revista da Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Psicologia da Justiça.

Membro Fundador e Honorário do Instituto de Psicologia Prof. Jorge Trindade.

Membro da Sociedade Portuguesa de Psicologia Clínica (SPPC).

Membro da Sociedade Portuguesa de Suicidologia (SPS).

Membro do Comitê Científico da Revista de Victimologia, Córdoba, Argentina.

Membro Revisor da Revista do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM).

Membro ad hoc do Comitê de Avaliação Científica da Revista Psicologia: Teoria e Prática, da Universidade Nacional de Brasília (UnB, 2010-2012).

Coordenador do Programa Direito e Literatura da Universidade Luterana do Brasil (até 04/11/2019).

Membro da Associação do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul.

Criador, junto com colaboradores, da Escala de Indicadores de Alienação Parental, instrumento on line que auxilia crianças, adolescentes e genitores a identificar os sinais de Alienação Parental de acordo com a Lei 12.318/2010.

 

Obras publicadas (individuais e/ou coletivas):

TRINDADE, Jorge. Delinquência Juvenil: uma abordagem transdisciplinar. Porto Alegre: Livraria do Advogado 2008, 3ª ed., esgotado.

TRINDADE, Jorge.: CUNEO, Monica R. e BEHEREGARAY, Andrea. Psicopatia: a máscara da Justiça. (Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2010, esgotado;

TRINDADE, Jorge. Psicologia Judiciária para a Carreira da Magistratura 2ª ed., com Elise Trindade e Fernanda Molinari). Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2011, esgotado;

TRINDADE, Jorge; BREIER, Ricardo. Pedofilia: aspectos psicológicos e penais. (3ª ed). Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2012.

TRINDADE, Jorge; NUNES, Laura. Criminologia: trajetórias transgressivas. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2013.

TRINDADE, Jorge; NUNES, Laura. Delinquência: Percursos Criminais. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2014.

TRINDADE, Jorge; NUNES, Laura. Crime e drogas. Porto Alegre: Livraria o Advogado, 2016.

TRINDADE, Jorge. Síndrome de Alienação. In: DIAS, Maria Berenice (Organizadora). Incesto e Alienação Parental. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2014, 3a edição.

TRINDADE, Jorge. (Org.) Temas de Psicologia Forense. Porto Alegre: Editora Imprensa Livre, 2015 (esgotado).

TRINDADE, Jorge. Entre a psicologia e o direito: o futuro tem muitos nomes. In: NUNES, Laura M; SANI, Ana; CARIDADE, Sónia (Coordenadores). Crime, Justiça e Sociedade: Visões Interdisciplinares. Porto: Edições CRIAP, 2016, p. 12-22.

TRINDADE, Jorge. Dicionário Crime, Justiça e Sociedade. Lisboa: Edições Sílabo. MAIA, R., NUNES, L., CARIDADE, S., SANI, A., Estrada, R., NOGUEIRA, C., FERNADES, H., & AFONSO, L. (2016).

TRINDADE, Jorge. Palavras guardadas. Poemas (Org.) Paulo Sérgio Rosa Guedes. Porto Alegre: Editora Universitária/UFPEL, 1988.

TRINDADE, Jorge; VETORETTI, E. A atuação do Assistente Técnico em todos os atos da Perícia Psicológica como garantia à ampla defesa. In: Trindade, J.; Molinari, F. (Org.). Psicologia Forense: conexões interdisciplinares. 1ed. Porto Alegre: Imprensa Livre, 2016.

TRINDADE, Jorge e outros. Sistema prisional, população privada de liberdade e direitos humanos. (Obra coletiva). CD-ROM. Editora da ULBRA, 2016.

TRINDADE, Jorge. Aids e Bioética. In: AIDS e Cidadania. Porto Alegre: GAPA-Editora, 2000.

TRINDADE, Jorge. Alguns procedimentos administrativos e judiciais utilizados pelo Ministério Público na proteção dos direitos à saúde. Márcio Iório Aranha (Organizador). In: Direito Sanitário e Saúde Pública. Ministério da Saúde. ISBN 85.334.07.32-7. Brasília: UnB, 2003.

TRINDADE, Jorge. Quando os filhos ditam as regras. Juizado da Infância e da Juventude. Publicação do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul. Ano IV, ISBN 1807-0957, No. 8.2003.

TRINDADE, Jorge. Prefácio: Depoimento sem dano. DALTOÉ, José Cézar. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2007.

TRINDADE, Jorge. Prefácio: Entrevista psicológica. Técnicas para diferentes entrevistas em diferentes espaços. Brígido, Maria Aparecida da Silveira. Curitiba: Editora Appris, 2015.

TRINDADE, Jorge. Prefácio: Mediação e Alienação Parental. Molinari, Fernanda. Porto Alegre: Editora Imprensa Livre. 2016.

TRINDADE, Jorge. Posfácio: Quarentas luas: viver é sobreviver a uma criança morta. Quarenta Luas. Barbosa, José Túlio. Porto Alegre do Editora do Autor, 1996.

TRINDADE, Jorge. Cartilha de Alienação Parental. Assembleia Legislativa do Estado/RS. Associação Brasileira Criança Feliz. Texto e Organização. 2014.

TRINDADE, Jorge. A violência na escola: papel das instituições. ARRIETA, Graciela Azevedo (Org.) A violência na escola. Canoas: Editora da ULBRA, 2000.

TRINDADE, Jorge (Org.). Direito da Criança e do Adolescente. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2005.

TRINDADE, Jorge. Reflexões sobre Alienação Parental e a Escala de Indicadores de AP. In: ROSA, Conrado Paulino; THOMÉ, Liane Maria Busnello (Organizadores). O Direito no lado esquerdo do peito: ensaios sobre direito de família e sucessões. Porto Alegre: IBDFAM, 2014.

TRINDADE, Jorge e MOLINARI, Fernanda. Divórcio: do processo psicológico, do luto e dos efeitos na criança. In: RITT, Eduardo (Org.). Revista do Ministério Público/RS. Porto Alegre: Editografia Suliani Ltda, 2011, vol. 70.

TRINDADE, Jorge. Adolescência: discurso, mentira, fantasia e trauma – repercussões no sistema de justiça. In: POTTER, Luciane (Org.) Depoimento sem dano. Rio de Janeiro: Lumen Juris Editora, 2010.

TRINDADE, Jorge. Assim é se assim lhe parece. In: ROSA, Alexandre Morais da; FERRAREZE FILHO, Paulo; MATZEMBACKER, Alexandre (Organizadores). Estudos críticos de Direito e Psicologia. Rio de Janeiro: Lumen Juris Editora: 2014.

TRINDADE, Jorge e outros. Temas de Psicologia Forense (Org. Fernanda Molinari). Porto Alegre: Imprensa Livre, 2015.

TRINDADE, Jorge. Manual de Psicologia Jurídica para Operadores do Direito. Porto Alegre: Livraria o Advogado, 2020, 9ª. edição.

TRINDADE, Jorge e outros. Psicologia Forense. Novos Caminhos. (Org. Fernanda Molinari e Jorge Trindade). Porto Alegre: Imprensa Livre, 2017.

TRINDADE, Jorge e outros. Psicologia Forense. Novos Saberes. (Org. Fernanda Molinari e Jorge Trindade). Porto Alegre: Imprensa Livre, 2018.

TRINDADE, Jorge e BOSCARDIN, Marina. Um estudo sobre a prova oral: verdades, mentiras e falsas memórias. Reforma Trabalhista: o primeiro ano. (Org. Ricardo Fraga). São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2018.

TRINDADE, Jorge e Evandro Lipert Jr. A Delinquência Juvenil: análise da (in)capacidade de auto percepção do futuro. (Org. Fausto Amaro e Dalia Costa). Criminologia e Reinserção social. Lisboa: Pactor, 2019.

TRINDADE, Jorge. Posfácio. Comportamento e Saúde Mental – Dicionário Enciclopédico. (Org. Laura Nunes, Carla Fonte, Sónia Alves, Ana Isabel Sani, Rui Estrada e Sónia Caridade). Lisboa: Pactor, 2019.

TRINDADE, Jorge e AXT, Dieter. O lugar da verdade na intersubjetividade: de Heidegger a Bakhtin. In: Filosofia & Direto: um diálogo necessário para a Justiça (Org. OLIVEIRA, Elton Somensi de; e CORDIOLI, Leandro). Porto Alegre: Editora Fi:, 2019. 

TRINDADE, Jorge e SILVEIRA, Maria Aparecida. Um estudo do adolescente infrator de perfil agravado através da metodologia quantitativa e qualitativa. In: A pesquisa jurídica e os direitos fundamentais: a primazia do caso concreto. (Org.) MIZUTA, A. e COSTA, S. P. M. Porto Alegre: Editora FI, 2017.

Mais de 20 artigos científicos publicados em revistas nacionais e internacionais.

© 2020 Academia Brasileira de Filosofia